CEAL

NOSSOS PARCEIROS

  • Crea-PR
  • Megabarre Industria de Equipamentos Elétricos Ltda
  • GMX
  • Plaenge
  • Philips
  • Vanguard
  • TK Acabamentos
  • Fungel - Fundações e Geologia
13/09/2017

Projeto do CEAL plantará cerca de 2 mil mudas de árvores nativas até o final de 2018

Em setembro o CEAL comemora o primeiro trimestre do projeto Reconstituição da mata ciliar junto aos córregos e rios da área urbana de Londrina. A iniciativa foi pensada pelos integrantes da Câmara Técnica de Meio Ambiente, sob o comando do engenheiro civil Henrique Lück. "Decidimos fazer uma ação de conteúdo prático para a cidade de Londrina e imediatamente a ideia do plantio foi encampada pelo presidente Brazil Alvim Versoza e pela diretoria, que tem apoiado e participado efetivamente nos plantios", declara Lück. 

A estimativa é que mensalmente cerca de cem novas mudas reflorestem áreas degradadas, o que resultará em aproximadamente duas mil mudas até o final de 2018. Os pés de Ipê, Acácia, Aroeira Salsa e Quaresmeira promoverão uma série de benefícios ao meio ambiente, como salienta Lück. "Além de melhorar a temperatura e a qualidade do ar da área de entorno e prevenir enchentes, há uma série de benefícios sociais, pois a população local vê a melhoria na qualidade de vida e se engaja na causa". Ainda, o plantio recompõe o habitat natural de espécies nativas, evita invasões e reduz a área pública de roçagem, desonerando os cofres públicos. 

Em setembro, o plantio segue às margens do córrego Quati e será no dia 30, a partir das 9h30. "Contamos com a participação não apenas de membros do CEAL, queremos que a sociedade londrinense se sensibilize e dê continuidade ao projeto", enfatiza Lück.  

© Copyright 2017 CEAL - Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina. Todos os direitos reservados.